15 janeiro 2015

Uma trilha que começa com um chocolate: Pico do Penedinho

Tudo em Penedo tem cheiro de chocolate, isso por conta das diversas casas e fábricas disposta a cada 5m uma das outras, mas nem por isso perca o foco e desista de fazer alguma trilha. Principalmente a trilha do Pico do Penedinho que se pode unir o útil ao agradável. Digo isso, porque antes de iniciar a caminhada pela trilha é necessário passar na Casa do Chocolate, localizada na Av. Mangabeiras número 10, e solicitar uma autorização para acessar a trilha. Essa autorização é obrigatória para fazer o passeio e não tem custo algum. O objetivo dessa autorização é controlar o número de pessoas que acessam, visto que se trata de uma propriedade particular.

Com isso, a Casa do Chocolate torna-se parada obrigatória para aqueles que querem
realizar a trilha do Pico do Penedinho. E, por ser uma das mais tradicionais casas de chocolates artesanais de Penedo, recomendo a visita independente do interesse pela trilha. A casa possui uma arquitetura colonial, onde na sua fachada destaca-se o nome em finlandês, SUKLAATALO, Suklaa significa Chocolate e Talo significa Casa. Adicionalmente, nessa parada há diversas mesinhas espalhadas pelo gramado bastante convidativas para uma degustação de trufas, bombons e até mesmo sorvete puro ou com strudel.

Além disso, anexo à Casa do Chocolate está à fábrica, de onde podemos acompanhar todo o processo de fabricação do chocolate através dos vidros e nesse mesmo espaço é possível encontrar vários “pés” de cacaus carregados que certamente valem uma foto.



Após essa parada estratégica e ao reabastecimento de energia, voltamos à trilha, que de posse da autorização, é necessário seguir pela rua lateral a Casa do Chocolate (Av. Harry Bertell), seguindo as placas até uma casa com portão de madeira, onde possui uma placa informando que a trilha começa ali naquele ponto. Todo esse trajeto pode ser realizado a pé para aqueles mais aventureiros, mas esteja com disposição, pois é uma belíssima caminhada por ruas de subidas. Nós, fizemos todo esse percurso de carro e quando chegamos a esse portão, estacionamos o carro ao longo da estrada junto com os demais que ali estavam.

Nesse ponto, a autorização deve ser apresentada ao caseiro que fica de prontidão na porta e iniciar a caminhada por trilhas estreitas de terra batida. A trilha é bem sinalizada e possui grau de dificuldade baixo. Essa trajetória dura em média uns 20 a 30 minutos dependendo da velocidade e da quantidade de paradas que irá realizar.

O final da trilha é uma cruz que está cravada no pé do precipício, de onde temos uma visão privilegiada, como: partes dos municípios de Itatiaia, Resende, Penedo, Serra da Mantiqueira e parte do Parque Nacional de Itatiaia. Sem dúvida, todo o esforço da subida é recompensado pela imensidão verde que é possível apreciar desse ponto. A única dica é realizar esse passeio pela manhã, de forma a garantir a autorização e também porque o Sol ainda não esta tão forte, mas independente disso, leve água, protetor solar e repelente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário