23 julho 2014

NY: Mais de um dia em Midtown - Continuação

Deixando um pouco a Timesquare de lado, as demais atrações que compõem Midtown podem ser visitadas em um único dia. Não foi o que fizemos. Pois, como já mencionei anteriormente, estávamos hospedados em Midtown, então a cada dia explorávamos um pouquinho mais essa área, repleta de diversão. Caso não seja o seu caso, uma excelente forma de iniciar o passeio é a Grand Central Terminal, localizado na 42 Street com a Park Ave. Ou, se for um daqueles curiosos e loucos por história desça na estação de metro Grand Central Terminal e ande até 1st Ave, entre as ruas 45 e 46, onde está a sede da ONU (Organização das Nações Unidas).

A ONU foi fundada em 1945, após a 2º Guerra Mundial e possui a missão de prover a paz mundial e o bem-estar das pessoas. Infelizmente, não conseguimos realizar o tour, pois é necessário agendar pelo site, com antecedência. Então, nos restou apenas passear pela frente e buscar a bandeira do Brasil entre as 193 bandeiras dos estados membros. Tenho que confessar que não me empolguei muito em fazer esse tour, e por isso, não procuramos sobre. No entanto, hoje me arrependo um pouco, pois li diversos relatos bem interessantes sobre essa visita, que inclusive oferece um tour em português.


Após a ONU, retornamos para a estação de trem mais famosa do mundo: a Grand Central Terminal, que também já foi cenário de inúmeros filmes, mas acho que o que mais me marcou foi Madagascar e foi exatamente nesse filme que me senti ao entrar e dar de cara com o relógio central. Neste terminal não demoramos muito, apenas apreciamos a arquitetura e os detalhes do seu interior e percorremos algumas lojas que existem ali dentro. Algumas lojas é modéstia minha, o lugar mais parece um shopping de tanta opção de restaurantes, lanchonetes, lojas de marca e até um mercado. Caso tenham interesse também existe um tour guiado para conhecer a história dessa estação. Maiores informações vejam o site.


Para aproveitar bem o dia, suba a 42St, esquina com a 5th Ave e encontrará a Public Library e o Bryant Park. Esses dois lugares são imperdíveis. O primeiro uma biblioteca pública cuja entrada tem dois imponentes leões, símbolos de NY, os quais são chamados de Patience e Fortitude. Não pense duas vezes e entre na biblioteca, onde o hall de entrada e o salão principal de leitura são de tirar o fôlego. A entrada é gratuita, inclusive um tour para se aprofundar neste acervo literário também é gratuito, basta reservar com antecedência pelo site.

Atrás da biblioteca está o Bryant Park, um local super acolhedor no meio de vários prédios, onde os nova-iorquinos costumam almoçar nas mesinhas espalhadas e até mesmo se esticar pelo gramado. Outro atrativo são alguns quiosques espalhados que vendem comidinhas, escolhemos um para experimentar e percebemos que ali também é point de happy hour. O lugar é realmente muito bonito com seus jardins bem tratados e floridos. Como estávamos hospedados bem próximos, acabamos passando pelo Bryant Park diversas vezes e em todas tivemos que parar para mais uma espiadela de tão agradável que é.


Continue pela 5th Ave, aprecie as lojas e se sinta pretty woman, mas não se empolgue muito, pois os preços não são muito convidativos, a menos que haja uma mega promoção, como foi o caso da loja da Lindt que fui atraída pelo cheiro do chocolate e ao entrar já fui recepcionada por um bombom. Claro que independente do preço ia comprar, mas quando soube que podia comprar 37 bolinhas (trufas) por U$ 15,00, imediatamente enchi um saquinho com as 37 bolinhas e sai feliz e contente para o restante do passeio.

Voltando ao trajeto, visite o Rockefeller Center, um complexo de lojas, restaurantes que em sua área central sempre há exposições. Como fomos na época da Páscoa, haviam diversas esculturas de Ovos e um coelho da Páscoa gigante. Essa área principal é famosa por abrigar uma das mais belas arvores de Natal e também pela pista de patinação que se forma no inverno. Ali também é possível subir no alto do Top of the Rock e apreciar a vista da cidade, mas como era necessário reservar tivemos que voltar outro dia.

Em frente ao Rockfeller Center está a St. Patricks Chruch que é a maior catedral católica dos Estados Unidos. Vale a pena entrar e se tiver oportunidade assista a uma missa, pois dizem que o coral é um show a parte. Pena que quando fomos estava em obra e não nos rendeu nenhuma foto bonita.



Para finalizar o tour por Midtown não deixe de continuar a caminhada até a escultura LOVE e a loja de brinquedos FAO SchwarzA escultura está localizada na esquina da 6th Avenue and 55th Street. Sendo segundo ponto turístico mais fotografado na cidade, perdendo apenas para a estátua da liberdade. Já a loja de brinquedos está na 5th Ave ao lado da loja da Apple e pertinho do Central Park e assim como a Toys ‘R’ US também virou ponto turístico com seus três andares repletos de brinquedos e seu piano no segundo andar, fruto do filme quero ser grande. Por isso, a loja está sempre lotada, ainda mais que é possível passar por cima do piano e reviver a cena do filme.


Nenhum comentário:

Postar um comentário