17 março 2014

Um programa para relaxar e se divertir: Xel-Há

Na língua Maia, Xel significa “lugar onde alguma coisa nasce” e  significa “água“. Portanto, Xel-Há é o “lugar onde nascem as águas“. Esse significado é bem verdadeiro, pois o Xel-há é um parque temático e natural com 70 hectares de terra e 14 de água, abrigando mais de 400 espécies de plantas, peixes e pássaros.


Além do Xel-há, há outros dois parques temáticos, que são: Xplor e  Xcaret e pelo menos um desses tem que estar no seu roteiro. Todos três parques são enormes, com uma infraestrutura maravilhosa, o que permite passar o dia inteiro e ainda ficar com gostinho de quero mais. Por isso, não recomendo tentar conciliar mais de um parque em um único dia.
Nós escolhemos o Xel-há, por ser um parque natural, achamos mais interessante e diferente que os demais, onde o Xcaret é um parque artificial, ou seja, as piscinas, rios, tudo foi projetado e é o mais procurado pelos turistas e o Xplor é um parque de aventuras com muita adrenalina, que definitivamente não era o que queríamos.

Bom, eu amei nossa escolha, o parque é lindo, muito bem organizado e limpo. Além disso, possui uma estrutura de espreguiçadeiras na beira da piscina convidativa para deitar e relaxar, sem falar na sequencia de redes, bem propicia após o almoço. Vale lembrar que ao pagar a entrada do parque, a comida, bebida e os equipamentos de mergulho como máscara, snorkel e colete estão inclusas no preço. No entanto, desses três parques, o único que possui cerveja Corona e drinks coloridos disponíveis o dia inteiro é apenas o Xel-há, mas cuidado se estiver de carro, pois as estradas do México costumam ter bastante fiscalização, então se beber, não dirija.

Fora a piscina, os restaurantes e tudo mais, no Xel-há também possui outras atividades que estão disponíveis por um preço extra, mas que vale super a pena. As atrações opcionais são: nado com golfinhos, encontro com raias, encontro com peixe-boi, spa com massagem e etc., Zip-bike (uma bike nas alturas), encontro subaquático com golfinhos, mergulho scuba nos cenotes e na baía.

Nós adoramos o Xel -ha, embora não tenha conhecido os demais parques, o Xel-há tem um diferencial que é a piscina de água natural, onde possui milhares de peixes em seu habitat natural. Isso realmente foi sensacional, passar o dia em cima de uma das boias, deixando a correnteza do rio decidir o percurso da sua direção e de quebra ainda apreciar as espécies que estavam ali passeando e se exibindo para as fotos. Por falar em foto, não se preocupe caso não tenha uma maquina a prova d´água, pois há fotógrafos espalhados no parque e até mesmo dentro d´água registrando todos os momentos e no final do dia, as fotos são disponibilizadas em divisórias na saída do parque. Sem sombra de dúvida, vocês irão querer levar varias como recordação do dia maravilhoso que certamente terão e também desse lugar mágico, que da vontade de não ir embora.

Para ajudar deixo aqui um relato que me ajudou a decidir na decisão do parque e que faz uma comparação excelente entre o Xcaret e o Xel – há.


Nenhum comentário:

Postar um comentário