26 agosto 2013

Uma parada para descansar e rezar

No meio do caminho para Campos do Jordão está o Santuário de Aparecida do Norte. O lugar é grandioso e transpira fé e paz. Sou suspeita, pois sou católica e sempre que posso faço questão de parar e entrar. Entretanto, até mesmo para aqueles que não são católicos acredito ser uma visita interessante pela imensidão do local e historia que abriga.

A cidade de Aparecida é bem pequena e humilde tendo o maior atrativo a Basílica, então ao entrar na cidade, os carros são abordados por diversos transeuntes oferecendo hospedagem e informações.
A Basílica possui um estacionamento enorme, então não vá atrás dos guardadores locais de rua, procure o estacionamento da Basílica, até porque parando em algum lugar na rua o percurso que terão que percorrer para chegar a Basílica será muito extenso, por isso, não vale a pena economizar no estacionamento que, na época, foi R$ 15,00.
Ao estacionar poderá avistar a imensidão do local e inclusive ficar um pouco perdido por
onde começar. Minha sugestão é procurar uma das entradas da Basílica e entrar pela imagem de Nossa Senhora Aparecida que fica ao final da Basílica abençoando a todos que estão em seu interior. Mas se preferir outro trajeto inicial procure as placas, existem milhares delas espalhadas por toda parte, além dos guichês de informação, sempre em português e inglês.
No subsolo tem a Sala das Promessas, um pouco assustadora, pois existem varias peças de velas em formato de cabeças, pés, pernas entre outros objetos que os fieis levam em busca de promessas. Essa sala foi reformada há pouco tempo e os objetos estão todos organizados, dentro de vidros como se fosse exposição em museu. Ao lado dessa sala foi elaborado um caminho contando a historia como a imagem de Nossa Senhora foi encontrada por pescadores, bem bacana. Dentro da Basílica também tem sala de orações, confessionário e uma capela de São Jose, linda! Há atração para um dia inteiro de andanças, por isso vá com roupas leves e confortáveis e principalmente sapato baixo para que possa explorar bastante o local.
Do lado de fora ainda tem uma parte com uma generosa praça de alimentação, uma feirinha com artigos religiosos e artesanatos, um caminho sacro que leva a Basílica a igreja antiga, dividindo a cidade alta e cidade baixa!
Após visitar, tenho certeza que sairá com uma sensação de paz interior por ter sido contagiado por tanta fé que abriga esse cantinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário