25 setembro 2011

Melhor Passeio

Em nossa opinião o melhor passeio para se fazer em San Francisco é alugar uma bicicleta, de preferência em um dia de sol, e explorar as redondezas em cima de duas rodas, atravessando a Golden Gate até Sausalito ou para aqueles com mais disposição até Tiburon. Não se preocupem com a volta, pois existem os ferry boats que trazem de volta até o Pier 41 ou 43 que são os locais onde se alugam as bicicletas.

Uma dica não deixe para amanhã o que pode fazer hoje. Pode parecer estranho, mas decidimos alugar a bicicleta logo no nosso primeiro dia em San Francisco, pois estava um dia lindo, céu azul sem nenhuma nuvem. E mesmo com receio de ficar dolorida nos demais dias, hoje, digo que valeu a pena, pois foi o único dia de sol que pegamos os outros 3 dias que ficamos nesta cidade só choveu, além do frio insuportável. Então se não tivemos feito o passeio nesse dia não o faríamos, o que seria uma pena, pois foi o passeio mais legal e mais divertido.
Para iniciar essa aventura basta ir ao Pier 43 e alugar uma bicicleta, não economize pague uma diária para não ficar com sentindo na hora de voltar, já que o melhor desse passeio é perder a hora admirando a paisagem, fazendo diversas paradas para fotos e explorando lugares diferentes que com certeza não visitaria se estivessem de carro. 

 Alugamos na Blazing Sadles, cujo funcionário é brasileiro, mas ele te engana, explica tudo em inglês e no final pergunta se entendeu em português... rsrsrs. O aluguel custa $ 8/hora ou $ 32 pelo dia todo. Gostamos muito do atendimento, pois eles te orientam a andar por locais públicos, dão mapas e ainda deixam um telefone de emergência, que quase usamos, pois no meio do passeio uma das bicicletas soltou a corrente, mas tudo foi resolvido após horas de tentativas.
Muito importante para o passeio é levar uma garrafa com água e um casaco, mesmo com o dia lindo, em cima da ponte venta absurdamente e faz um frio descomunal.

Primeira parada para foto foi o Ghiradelli Square à esquerda, antiga fábrica de chocolate, hoje é um marco com centenas de restaurantes e lojas no Cais dos Pescadores. Como o trajeto até lá parecia trabalhoso com a bicicleta e também porque estávamos ansiosos por chegar logo na Golden Gate optamos por não explorar esse marco.

Chegando bem próximo a ponte é necessário pegar uma subida que é impossível subir pedalando, então nem se esforce muito, desça da bicicleta e empurre sem vergonha. Lá de cima, a vista é linda de toda baía e de Alcatraz.




Aqui o caminho se divide em 2: existe uma rota usada durante a semana, que atravessa a ponte pelo lado direito. E existe a rota do final de semana que atravessa a ponte pelo lado esquerdo, fizemos essa. Isso acontece porque durante a semana, o lado esquerdo da ponte fica fechado pro pessoal da manutenção poder trabalhar.

A entrada da ponte é indescritível, vermelha, imponente rasgando o céu azul de San Francisco. Além da beleza, o barulho que faz lá de cima é horrível, pois é barulho de carro, dos navios, a sinfonia ensurdecedora do vento e das placas de aços que parecem conversar. Confesso que fiquei bastante tensa, pois era impossível conversar e a cada parada para fotos a sensação que a máquina voaria era enorme.


Demoramos uns 45 minutos pra atravessar a ponte, tirando fotos e curtindo bastante a paisagem. Após a travessia descemos desenfreadamente até um local onde as pessoas estavam pescando. Mais uma parada para fotos e seguimos viagem até Sausalito que não precisa nem se esforçar muito, pois são ladeiras imensas, basta guiar a bicicleta e ir curtindo a brisa no rosto e apreciando a paisagem pitoresca das casas nas encostas.
Li em alguns lugares que para aqueles que atravessam a ponte do lado direito, ao final da ponte existe um mirante chamado “Vista Point”, de onde é possível avistar toda a cidade.

Chegando a Sausalito prenda a bicicleta em um dos bicicletários e passeie pela cidade minúscula e simpática.  O forte são as galerias de artes e os cafés, além de várias sorveterias. Mas como estava faminta e havia feito bastante exercício afinal de contas, me dei o prazer de experimentar um dos recomendados hambúrguer da cidade. E indico, apesar da fila, vale a pena, pois é muito saboroso e a lanchonete é um charme, porém não possui lugar para sentar lá dentro. O jeito foi atravessar a rua e sentar em um dos banquinhos da praça e saborear meu delicioso hambúrguer.
Depois de Sausalito, dá pra seguir o passeio até Tiburon, onde tem um parque com Sequoias ou pegar o ferry de volta pra São Francisco. Nós escolhemos voltar pra São Francisco, o que me arrependo um pouco até hoje, pois dava perfeitamente para continuar o passeio. Mas fica para próxima viagem a Califórnia.

Um comentário:

  1. Muito boas as dicas. Estou indo para SFO no início de abril 2012. Parabéns pelo blog

    ResponderExcluir