27 março 2011

Trilha para Prainha

Sem dúvida é uma das praias mais bonitas de Itacaré, cujo acesso é feito por uma trilha que tem inicio na praia da Ribeira. Nesta praia, existem vários guias autorizados com crachá que auxiliam o percurso até a prainha, por uma singela quantia de R$ 20,00 por pessoa. Mesmo sendo um tanto puxado, aconselho pagar o guia, pois a trilha é um pouco deserta, o que permite muitos assaltos. Posso dizer que o pagamento ao guia é o passe livre a praia sem danos. Por isso, pense muito antes de tentar economizar nesse trajeto.

Ao contratar o guia deixe que este indique o melhor caminho. Caso tenham lido a respeito da existência de duas trilhas, esqueça. Pois uma delas, a trilha curta, está desativada e não é mais utilizada, inclusive a mata está cobrindo a trilha. Como havíamos lido a respeito, pedimos ao nosso guia que fizemos cada trajeto por uma trilha e realmente a trilha mais curta não vale a pena, pois a paisagem é um tanto abandonada. Sendo assim, escute os guias e faça a trilha longa que hoje é a única que vale a pena, pois durante o trajeto é possível apreciar cachoeiras, riachos e paisagens lindíssimas das praias e penhascos.


Todo o percurso dura em torno de 2h, contando com as várias paradas para fotos. Mas não se preocupe, já que todo esforço é recompensado ao chegar à famosa prainha. Um cenário de filme, quase uma praia particular com uma enorme extensão de areia e água convidativa ao mergulho. Nesta praia existe uma única barraca com mesas, onde as pessoas se aglomeram para apreciar a paisagem e descansar as sombras dos coqueiros.


 
Aconselho reservar um dia para desfrutar dessa belíssima praia sem pressa. Não se preocupe com o guia, pois o horário para retorno é agendado e sem nenhum custo adicional. Além disso, faça o percurso de tênis e leve água, mas não se preocupe muito com isso, pois no caminho existem barracas vendendo água, refrigerante, inclusive uma dessas barracas vende suco de manga feito na hora. Caso optem por passar o dia na prainha não se esqueçam de levar algo para comer, pois na única barraca somente são servidos queijo coalho, melancia, abacaxi, água de coco, água e refrigerante.

Seguindo a prainha se tem acesso a Praia São José, uma área de proteção ambiental, próximo ao Itacaré Eco Resort, porém, para realizar esse percurso é uma nova taxa que deve ser paga ao guia. Como já estávamos cansados da primeira trilha, optamos por não conhecer a praia de São José e gastar o dia desfrutando da beleza da prainha.


Nenhum comentário:

Postar um comentário